Descanso do Cuidador

Para as famílias que optam por cuidar dos seus familiares e mantê-los perto de si, o descanso do cuidador apresenta-se como uma oportunidade de descansarem. Fazerem uma pausa, para manutenção da sua saúde, quer física como mental, indispensável no cuidado que prestam ao seu familiar.

Cuidar de alguém pode ser desgastante, cansativo, tanto física como emocionalmente, no fundo constituir uma fonte de ansiedade e stress. É necessário contrair a tendência natural que o cuidador terá de se isolar socialmente.

Descanso do Cuidador|RNCCI

O descanso do cuidador, surgiu com o propósito de dar resposta às necessidades do cuidador principal, quer de descanso pessoal (férias) quer por questões de saúde (ex. intervenção cirúrgica). Na RNCCI (Rede Nacional Cuidados Continuados Integrados) está previsto que o familiar dependente disponha de cuidados de saúde de apoio social adequados, numa das vagas disponíveis para internamento do mesmo.

Caso o seu familiar dependente esteja em casa, para recorrer a este apoio social, deve contactar um médico, enfermeiro ou assistente social do centro de saúde da área de residência do mesmo. Uma equipa do centro de saúde irá avaliar a situação do doente. Se estiverem reunidas todas as condições necessárias para ser encaminhado para a RNCCI, será enviada uma proposta de admissão à Equipa Coordenadora Local da mesma área.

Os internamentos para descanso do cuidador têm um período máximo de 30 dias, podendo ir até 90 dias por ano.

Descanso do Cuidador|Cuidador Formal

Em alternativa à RNCCI pode recorrer a um cuidador formal. Cuidadores profissionais, com formação para cuidarem do seu familiar dependente. Todos os nossos parceiros de apoio domiciliário prestam este serviço e estão disponíveis para qualquer esclarecimento. Contacte-nos!

Não coloque o seu bem-estar em último lugar nem se sinta responsável/obrigado por prestar os cuidados ao seu familiar dependente durante todo o tempo. Fazer uma pausa será também benéfico para ele. Dar-lhe-á a oportunidade de conhecer outras pessoas, socializar e, também, habitua-se a que outras pessoas lhe prestem apoio.

O intervalo deve ser planeado para que tudo corra pelo melhor, e que seja uma experiência positiva. A Alzheimer Portugal é uma das associações que está disponível para apoiar e aconselhar nestes processos.

Informe-se também sobre o Complemento de Dependência, apoio social para pensionistas dependentes.