Cães ajudam idosos a manterem-se activos!

 

De acordo com um estudo recentemente publicado, para os idosos, ter um cão aumenta a probabilidade de obtenção dos níveis de atividade física recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Sabe-se que a atividade física reduz o risco de doenças cardíacas, vários tipos de cancro e depressão.  A pesquisa acrescenta evidências que demonstram que ter um cão pode ajudar a manter a saúde durante o envelhecimento.

“Todos sabemos que ao envelhecermos, tendemos a diminuir o ritmo”, disse o professor Daniel Mills, líder do projeto. “Permanecendo ativos, nós podemos melhorar a nossa saúde e outros aspectos da qualidade de vida. Os fatores que levam a níveis mais altos de atividade física em adultos não estão bem definidos. Estávamos interessados em avaliar se possuir um cão tem o potencial de melhorar a saúde de idosos através do aumento de atividade física.”

No estudo constatou-se que os donos de cães caminhavam 20 minutos a mais por dia numa caminhada a passo moderado, disse Dr. Philippa Dall, pesquisadora-chefe. “Para manter uma boa saúde, a OMS recomenda no mínimo 150 minutos de atividade física de moderada a vigorosa por semana. Numa semana, os 20 minutos adicionais de caminhada diária podem, por si só, ser suficientes para satisfazer essa orientação.

Fonte: bmcpublichealth.biomedcentral.com